quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Viva la Revolución (Parte 2)

Uma R-Evolução é de suma importância para mudarmos esse país injusto.Essa Revolução é uma responsabilidade nossa,tudo começa conosco,quando cansamos dessa vida rotineira do Manda quem pode,obedece quem tem juízo,isso é primitivo e injusto.Fora os políticos que só conseguem tirar o pouco que temos.Infelizmente as pessoas se acomodam,e não percebem que o poder está nas mãos da massa,o poder da Mudança;as pessoas tem a chance de mudar o mundo ao seu redor,más preferem acreditar em políticos e fingir que tudo está bem,isso também é culpa dessa indústria da informação,que é território dos própios políticos.

Nós precisamos espalhar essa mensagem,tudo depende de nós,o poder não pode estar só nas mãos dos políticos,e sim em nossas mãos,essa falsa democracia,que nos é imposta precisa cair.Nós precisamos de um modelo novo,inspirado nas Revoluções do Oriente.Isso não será possível,se não espalharmos essa voz.O poder não pertence só aos políticos,e sim a todos Nós.Nós,os verdadeiros brasileiros.

Meus amigos,a Echelon World voltou,com o mesmo propósito do começo de tudo.Nos ajude a espalhar a mensagem,nas redes sociais,aos seus amigos.Mostre que você cansou de se prostrar à essa máquina fajuta e corrupta.

A todos "Riquezas e Honras."

                                                                                                Fraternalmente,André Narciso. 

25 comentários:

  1. O poder emana do povo e só apenas dele, vamos fazer valer nossas opiniões, não só na teoria, mas na prática também, para mudar a situação do nosso país. Esclarecimento já.

    Passa lá flor? http://nacaoesmaltada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Com certeza, devemos reivindicar nossos direitos e cumprir nossos deveres. O abuso político dura ha muitos anos e nunca deveria ter acontecido. Força ao povo brasileiro!

    ResponderExcluir
  3. É uma mensagem que vale a pena divulgar.

    ResponderExcluir
  4. De fato, já passou da hora das pessoas terem voz..

    ResponderExcluir
  5. aas pessoas so reclamaan maaiis apenas 1% dlllas ageem.as pessoas naao teen atitude,coragens e talz

    http://corpo-definido.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. De que adianta o poder estar na mão do povo, se o povo prefere desincumbir-se da responsabilidade à ele atada?
    Da mesma forma que ser o detentor de certa verdade lhe traz a responsabilidade de propagá-la, ser o detentor do poder lhe traz a responsabilidade de agir, e agir significa sair da sua zona de conforto, cansar-se e possivelmente falhar algumas vezes antes de conseguir.
    Eu conheço muito pouca gente disposta a abdicar de seus prazeres momentâneos diários por isso, e assim, infelizmente as coisas vão seguindo da maneira como são...

    Gostei bastante de todo o blog! Questões muito pertinentes e pontos de vista muito interessantes! Parabéns e um abraço!

    ResponderExcluir
  7. Gostei, parabéns pelo blog, está óptimo.

    ResponderExcluir
  8. O povo não conhece a sua própria força!
    Se todos se unissem pelo menos, talvez haveria uma esperança!
    Parabéns pelo blog

    ResponderExcluir
  9. o Brasil não precisa de uma revolução,mas sim de uma evolução...
    http://juventudeinformada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Revolta sem base e argumentação. Protesto um tanto vago esse teu. Políticos são inimigos?

    No post anterior tu fala de deus... Estranhamente a crença nele sempre foi a maior causadora daquilo que agora tu ataca, o conformismo.

    ResponderExcluir
  11. Acredito na revolução, sim!
    Mas ela precisa sair das páginas da internet!!!





    http://www.alteregodonuti.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. adorei seu blog seus textos tdos fortes vc sabe demonstrar nos seus textos seus sentimentos

    ResponderExcluir
  13. realmente é importante reivindicar...
    abs

    ResponderExcluir
  14. Também não acredito nessa democracia imposta, nem um pouco participativa. A mídia nos da apenas um modelo pseudointerativo, mas isso é só esmola. Infelizmente, acho que o mundo não quer mudar. As relações de poder requerem relações de liberdade. Há algum ganho em se acomodar. A questão é evidenciar que estamos sendo prejudicados enquanto indivíduos e sociedades, o que na verdade não se pode separar. Acho que se incomodar com o que temos é um passo. O outro é não aceitar as soluções prontas que nos empurram por aí.

    ResponderExcluir
  15. beleza... mas o que vc pretende FAZER para mudar isso? só difundir a sua idéia?
    meu caro, eu acho que o povo brasileiro é um povo submisso, que abaixa a cabeça diante do falso poderio, acho que falta análise, planos seguros de derrubar os peixes grandes que estão no poder... textos "revolucionários" assim como o seu há mtos por aí, mas uma ação desses "revolucionários" pouco eu vi...


    http://www.diariodagarotadevariasfaces.blogspot.com/
    visita o meu blog? me dá esse prazer vai ;)

    ResponderExcluir
  16. seria muito bom se conseguissemos arrumar mais pessoas com esse pensamento, muito mais, mas brasileiro se acomodou com o rouba mas faz ¬¬

    ResponderExcluir
  17. Li uma vez que a culpa é dos civis que atrapalhão nossas guerras, rs

    ResponderExcluir
  18. Ótimo texto. Para nossa tristeza grande parte da população fala muito e pouco faz, quando tem a oportunidade de mudar votam nos mesmos políticos fazendo disso um ciclo viciado, possuem memoria curta, entregam-se as velhas promessas. A mudança começa em cada um de nós, uma andorinha não faz verão só que pode tentar mudar a mentalidade da outras.

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  19. já ouvi alguém dizer algo semelhante a isso: "antes o poder era de quem tinha dinheiro, hoje o poder esta nas mãos de quem tem a informação".
    Se o acesso a informação esta cada dia mais independente por que se calar diante das injustiça? Considero relevante seu post...

    ResponderExcluir
  20. Realmente precisamos da revolução
    http://buskavida.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. Acredito em Deus, independente de religião. Acredito também que não podemos esperar que os outros façam por nós, precisamos fazer uma revolução em nós mesmos. Porém, tenho o pé no chão e sei que não dependente apenas de mim individualmente. Há muitos outros fatores e mistérios que nos rondam.

    ResponderExcluir
  22. O poder muda as pessoas. Mas, em coletivo, o poder é uma arma poderosa. A massa tem o poder, mas não a usa. Apenas algumas pessoas ou pequenos grupos, o que enfraquece extremamente esse poder.
    Abraços
    perplife.blogspot.com

    ResponderExcluir

“Ubi dubium ibi libertas (Onde há dúvida, há liberdade)” Provérbio Latino